O Dengue – Febre Dandy ou Quebra-Ossos

1314902_medical_doctor

O Dengue é uma doença febril aguda caracterizada por início súbito, com cefaléia, febre, prostração, dores musculares e articulares, aumento de gânglios linfáticos (ínguas) e exantema (manchas avermelhadas na pele). Existe uma forma hemorrágica que ocorre principalmente em crianças abaixo de 10 anos, denominada Febre Hemorrágica do Dengue ou Febre Hemorrágica das Filipinas, em locais onde o Dengue é endêmico, sendo mais prevalente no sudeste asiático, China e Cuba. Já o Dengue típico ocorre em regiões tropicais e subtropicais em todo o mundo. Trata-se de um vírus do gênero flavírus, transmitido pelo mosquito Aedes.

O período de incubação do Dengue ou Febre Dandy é de 3 a 15 dias, iniciando-se com febre até 40 graus centígrados, calafrios, dor retro-orbitária ao movimentar os olhos, dor lombar e prostração severa, além dos sintomas já descritos anteriormente. Surgem comumente linfonodos cervicais e inguinais, pálpebras e conjuntivas oculares “injetadas”, palmas e plantas vermelhas, edemaciadas e brilhantes.

A letalidade é nula no Dengue típico, porém a convalescença pode ser prolongada, persistindo astenia por várias semanas. No entanto, determinados grupos de pessoas estão mais susceptíveis a complicações e evolução do Dengue para uma forma mais grave, como os imunodeprimidos/imunossuprimidos, gestantes, diabéticos e portadores de doenças cardiovasculares.

Um episódio da doença produz imunidade por um ano ou mais. A prevenção consiste em erradicar o mosquito vetor e suas larvas, que se multiplicam em águas paradas, além de fazer uso de mosquiteiros e repelentes.

A cura é sintomática, uma vez que não há tratamento específico para o vírus, sendo importante o repouso absoluto, ingesta líquida abundante e alimentação equilibrada.

Dra. Eliane Beuren, MD, PhD
Geriatra, Médica do Trabalho e Clínica Geral

  • Compartilhe:
  • Pin It