INSCRITOS NO LIVRO DA VIDA

palavra transforma

Depois da Bíblia, o livro mais vendido no mundo é o Guiness Book, o livro dos recordes. É curiosa a relação entre esses dois livros. O Guiness dá especial destaque aos feitos humanos, expondo os feitos de homens que se superaram além do comum e, por isso, recebem glória de homens.
Ele registra fatos como a pessoa que tem os cabelos mais longos do mundo; o homem que ficou mais tempo em pé; o homem que conseguiu jogar mais ovos de um helicóptero sem quebrá-los; ou o maior pirulito do mundo… Como vemos, são realizações humanas.
Já o livro mais vendido do mundo, a Bíblia, registra também grandes feitos humanos, como a do homem que abriu o Mar Vermelho, dos homens que derrubaram a grande muralha da cidade de Jericó apenas com gritos e fazendo soar trombetas; o homem que matou um leão com as próprias mãos e anos depois matou um gigante com apenas uma funda. No entanto, ao contrário do Guiness, nenhum desses fatos foi registrado para glória do homem.
A Bíblia tem o único objetivo de glorificar a Deus. Todos os homens na Bíblia, que roubaram a glória de Deus, foram por Ele seriamente disciplinados. Ao longo das eras houve muitos que, em nome de Deus, buscaram reconhecimento para si. Em lugar de servirem a Deus, agiam como se quisessem registrar seus nomes em um Guiness Book espiritual, como o maior evangelista, o mais consagrado, o mais sábio, o mais longo ministério… Nada disso tem valor para Deus!
Para Deus, o que importa é se O servimos na dependência Dele ou não (Mt 5:3). Para Deus, o que importa é se nosso trabalho resulta em glória e exaltação ao Seu Nome. Muitos cristãos sofreram irreparável dano espiritual ao roubar de Deus no serviço a Ele, dando, muitas vezes, mais importância às obras do que a Deus e tomando para si as honras e louvores.
Em João 12:43 está escrito: “porque amaram mais a glória dos homens do que a de Deus”. A nossa vida cristã e o nosso serviço cristão não devem ter como meta o registro no Guiness Book, e sim não ter nosso nome apagado do Livro da Vida (Apoc. 3:5).

Sérgio Alves. servosa@hotmail.com

  • Compartilhe:
  • Pin It