Energia elétrica mais cara no RS

2015-02-10 Energia elétrica mais cara no RS

Quem recebeu a conta de luz em janeiro já percebeu: o preço da energia elétrica é de deixar o cabelo em pé. E é bom preparar o bolso, foi só o primeiro de três aumentos que devem ocorrer ainda em 2015. Para clientes da AES Sul, empresa que atende 118 municípios da região centro-oeste do Estado, a alta deve chegar a 66% neste ano.

O que provoca a elevação

Fim da ajuda do Tesouro
O Ministério da Fazenda anunciou o fim de subsídios ao setor elétrico. Na previsão orçamentária de 2015, era estimado um aporte de R$ 9 bilhões às companhias de energia. Sem o socorro, o custo de geração é repassado ao consumidor.

Falta de chuva
Clima está seco no Sudeste e Centro-Oeste há pelo menos dois anos. Com reservatórios em níveis muito baixos nas duas regiões que respondem pela maior parte da geração do país, foi necessário acionar em potência máxima as termelétricas, muito mais caras.

Reservatórios menores
Construção de reservatórios menores em novas hidrelétricas — para reduzir o impacto ambiental — acentua a dependência da chuva. Hoje, o nível mínimo permite geração de energia por cinco meses. Décadas atrás, o período coberto chegava a cinco anos.

Dólar alto
Devido a um acordo com o Paraguai, a produção de energia da usina binacional Itaipu, dividida entre todas as concessionárias que atuam no país, é negociada com base no dólar. Quando a cotação da moeda sobe, a tarifa também aumenta.

Redução fora de época
A diminuição no preço da luz, em janeiro de 2013, foi considerada precipitada por especialistas. O anúncio foi feito quando termelétricas estavam em funcionamento. A energia mais barata incentivou o consumo em período de seca.

Como economizar

Eletrodomésticos
+ Máquina de lavar e ferro de passar consomem bastante energia. Portanto, tente usá-los quando houver bastante roupa acumulada para realizar o trabalho de uma única vez.
+ Evite deixar aparelhos eletrônicos em stand-by. Esse modo pode representar gasto mensal de 12%. Tire da tomada. Desligue o monitor do computador ou o coloque em modo de economia de energia quando não estiver no ambiente.

Climatização
+ Ao comprar ar-condicionado, dê preferência a modelos com A no selo Procel, mais eficientes. Limpe o filtro do aparelho, pois a sujeira prejudica o rendimento.

Refrigeração
+ Não abra a porta do refrigerador por tempo prolongado.
+ Evite colocar na geladeira alimentos e líquidos quentes.
+ Não forre as prateleiras da geladeira com vidros ou plástico, pois dificulta a circulação do ar.
+ Verifique a borracha de vedação para evitar perda de ar frio e, se for preciso, substitua.

Iluminação
+ Para leitura e trabalhos manuais, prefira iluminação dirigida, para ter mais conforto e economia.
+ Dê preferência a luminárias abertas, o que possibilita reduzir em até 50% o número de lâmpadas sem perdas na iluminação.

Fonte: ZH

  • Compartilhe:
  • Pin It