ARREPENDIMENTO

159064_prayer

Sérgio Alves. servosa@hotmail.com

Quando Jesus Cristo iniciou o Seu ministério na terra, a sua primeira mensagem versou sobre o arrependimento. Jesus dizia insistentemente esta palavra: “arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus” (leia Mateus 4:17). Esta foi a primeira e mais urgente notícia que Jesus tinha que liberar. Por quê? Porque quem não se arrepende dos seus pecados, dos seus maus caminhos, das suas rebeliões, não será salvo!
Não adianta você fazer caridade, dar todos os seus bens aos pobres, se não houver arrependimento não haverá reconciliação com Deus, não haverá perdão de Deus, não haverá salvação de sua alma. A palavra arrependimento significa andar em direção oposta; dar às costas a todas as práticas pecaminosas e assumir voluntariamente uma vida com atitudes sinceras e decorrentes da obediência ao Deus vivo. Arrependimento não é uma emoção; é uma decisão, uma escolha diária de mudar de atitude e ser dirigido por Jesus.
Deus fez o homem com espírito, alma, e corpo. Seu plano original, antes da queda do homem era ter comunhão total com o homem, mas a desobediência humana desfez este relacionamento maravilhoso entre Deus e o homem. Deus havia criado a alma do homem para viver nela e Se expressar neste mundo através dela.
Contudo, este plano sofreu uma terrível paralisação, pois o homem decidiu não ter mais comunhão com Deus. O homem não quis mais ser humilde e nem estar sob o governo de Deus. A partir disso, a alma do homem, que fora criada para conter o Espírito Santo, se rebelou contra o Criador. O homem caiu espiritualmente e sua alma adquiriu uma vida própria. A vida da alma tornou-se independente. Logo, esta vida da alma é uma usurpadora que tomou o trono de Deus, tomou lugar onde Deus deveria estar dentro do homem.
Hoje, todo homem tem necessidade de arrependimento. Temos que entregar o lugar que é de Deus para que Ele volte a nos governar novamente. É por isso que a Bíblia diz que nós somos vasos para conter Deus. Em 2Coríntios 4:7 está escrito: “Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós”.

  • Compartilhe:
  • Pin It